2013/14

Nos 20 melhores do mundo em 2014!

O ranking mundial de equipas masculinas de hóquei em patins, publicado no dia 3 de Agosto, reflecte o resultado dos jogos disputados em 2014.

É certo que em Dezembro estavam num fantástico 9º lugar (pode ler o post aqui), mas este ranking deve ser comparado com o de Agosto de 2014 e nesse ficaram em 35º (pode ler o post aqui). O que significa que subiram 14 posições no ranking mundial de verão.

Porque os nossos miúdos fizeram história, até de férias nos enchem de orgulho!

ranking august 2014

O ranking completo pode ser visto aqui.

Parabéns equipa!

Somos BdQ. Somos d’Aldeia!

Hoje vou à piscina…

Há cerca de dois meses que não vou à piscina, hoje está tudo bem encaminhado, meia final da Liga dos Campeões: Real Madrid recebe Bayern de Munique e o jogo termina 15 minutos antes de eu entrar na piscina. Optimização e rentabilização de tempo.

Chego ao Carlucci Café, “pontualmente atrasado”, o Real já ganha, peço a Mini Preta da praxe, negoceio o preço, mas as de 14 cêntimos já acabaram, o jogo vai decorrendo animado, o que é fácil depois do Atlético vs Chelsea de ontem. Assim que chegar o intervalo vou a casa buscar o saco da piscina para quando acabar o jogo arrancar logo.

Entretanto o “Carlucci” vai-se compondo, afinal o jogo dá em canal aberto e o pessoal que jantou em casa vem agora tomar café.

Espera! Mas este pessoal do BdQ nem é muito ligado a futebóis? Bebem do hóquei, o que um comum mortal como eu, procura numa meia final da Champions.

Carago! Tenho de ir à Piscina…

E acabo de perceber, porque estão aqui, hoje é dia de Taça de Portugal em hóquei Patins e os Miúdos d’Aldeia vão ao Infante de Sagres. E depois? “Isso é um jogo fácil, para ganhar por 10” e “eu quero ver o jogo da Champions, com as duas melhores equipas do mundo” e além disso “Tenho de ir à Piscina…”

10259840_616600851764128_8773346095736605362_n

Rapidamente percebi que aquela gentinha toda ali sentada, que ainda há pouco torcia entusiasticamente pelo Cristiano Ronaldo pouco queriam saber da bola.

O HCT vai jogar daqui a segundos… Bolas! … Dá para ver a primeira parte, devemos estar a ganhar por uns 4 ou 5 e posso ir descansado para a Piscina…

A TVI dá lugar à HCT Tv no ecrã, a luz desce e o ambiente torna-se romântico… ou melhor… apaixonante…

Somos de facto melhores e a meio da primeira parte, estamos a ganhar por 1 golo.

Pessoalmente, preciso de mais 3 ou 4, até ao intervalo, para poder ir à piscina. Bolas! Eu não percebo muito disto mas não estou a gostar do jogo, deste jogo. (Real e Bayern continuam no 1-0). Eu tenho de ir à piscina e chegamos ao intervalo a perder 2-1…

Não há hipótese… Já não vou à piscina…

De qualquer maneira sei que o Infante vai quebrar e facilmente viramos o resultado. Início da segunda parte, “uma Mini Preta”, e golo do Infante… Mau! Estamos muito faltosos, ou pelo menos, temos muitas faltas marcadas contra nós.

3-2 na resposta, 7 minutos de equilíbrio e 3-3, tal como eu previa, o Infante começa a quebrar, convenço-me que começo a perceber de hóquei, que sei “ler o jogo”, até ao final ainda marcamos mais 3 ou 4, só, porque estamos em casa alheia e não é de bom tom massacrar o adversário, que conseguiu resistir ao nosso poderio até aos 8 minutos da segunda parte…

Mas o 3-4 não aparece, aparece o nervoso miudinho, aparece uma grande penalidade falhada, aparece a nossa 15º falta (o adversário poupado ainda nem a 10ª atingiu, mas também não aproveita). O tempo passa e o nervoso deixa de ser miudinho e começam as recordações tristes, onde resignadamente se procura o reconforto “Já o ano passado foi assim”… Eu não me conformo, se não fui a piscina, quero uma vitória.

Finalmente a 5 minutos do fim o golo, está feita a “remontada”, coisa que o Bayern não conseguiu em Madrid. Agora é deixar correr normalmente.

Cartão Azul, Livre Directo e Golo? Mas eu ainda não tinha acabado de saborear o golo e já estou a sofrer outra vez…

Há quem não sofra, não tem tempo, está ocupado a montar as crucificações. Tiraram-nos o guarda-redes, mas temos outro e este também defende grande penalidades, mas também sofre golos e com este golo já estamos a perder, já perdemos, já fomos, eliminados, as cruzes estão já ao alto, as caixas de pregos estão a ser abertas! Ainda há tempo para uma grande penalidade a nosso favor, e este é tão jeitoso para crucificar. Mas não! Os Miúdos marcam, fogem da cruz, empatam a 50 segundos do fim e vão para prolongamento.

Mas alguma vez existiu a hipótese de eu ir à piscina?

Começa o prolongamento, o golo tem de ser de ouro e tem de ser nosso. E é, logo aos 4 minutos, que não se pode sofrer mais e há cruzes para desmontar.

Se eu vou à piscina? Marquei para 21 de maio.

por FilipePS

há 50 anos a elevar o nome d’Aldeia

Agora que está tudo mais calmo e descansado em relação à viagem e ao jogo Forte dei Marmi x HCT, gostava de partilhar algo muito bonito que aconteceu antes e depois do jogo. Porque durante o jogo todos presenciaram.

O nosso Clube deixou uma imagem muito bonita em terras alemãs e italianas.

Antes do jogo de sábado começar, fomos encaminhados para uma determinada zona do pavilhão, por motivos de segurança e de prevenção. O presidente do Forte dirigiu-se a nós e pediu desculpas pelo que estava a acontecer mas que eram ordens da polícia. Não nos preocupamos porque estávamos ali para apoiar os nossos miúdos fosse em que lugar fosse. Depois, dirigiu-se aos adeptos da claque da casa e disse-lhes que podiam festejar o que quisessem mas não queria insultos à nossa equipa (HCT), porque quando vieram jogar ao nosso pavilhão tinham sido muito bem recebidos.

O jogo decorreu com normalidade entre duas equipas fortes e ansiosas, com festejos da parte do Forte, onde se via a pairar um cachecol do HCT que um adepto italiano fazia questão de levantar, mas também com 3 golinhos nossos .

No final do jogo as equipas despediram-se e agradeceram aos adeptos num ambiente muito bonito.

Entretanto, quando todos os jogadores saíram do rinque, os adeptos do Forte cantaram um cântico acompanhado por palmas dirigido a nós, que retribuímos levantando os nossos cachecóis e agradecendo. Depois, entraram em campo e vieram ter connosco para fazer a troca de cachecóis e para nos dizer que nós HCT, estávamos no coração deles, e agradeceram-nos, um a um.

Esta é a imagem que fica nesta passagem Europeia dos nossos miúdos: independentemente do resultado, a postura e o fair play transmitidos foram enormes.
Obrigada miúdos pelas alegrias que nos dão «na vitória ou na derrota» estaremos sempre presentes.

Agora é continuar a apoiar esta brilhante equipa, jogo após jogo, como eles merecem.

Saudações desportivas.

por Sónia V.

Forte-HCT

foi assim ou eu sonhei?

foi mais uma noite de sonho n’Aldeia.

as conversas que antecederam o sábado eram confusas, havia os que acreditavam na vitória e os que acreditavam num grande jogo, em que tudo podia acontecer. ninguém duvidava do valor dos miúdos, mas também todos sabiam o valor que chegava de itália.

eu estive até às 19h a decidir se ia fotografar ou simplesmente ver o jogo. acabei por decidir ver o jogo, afinal era o último que via ao vivo antes de voltar ao hemisfério sul e desde 20 de Dezembro, quando voltei a Portugal, ainda não tinha tido um jogo que me enchesse a alma. a esperança era de que este fosse o tal.

cheguei ao pavilhão às 20:15h e recebi logo uma mensagem do Armando que já estava lá dentro “a bancada central já está composta”. apressei-me a chamar a Kuka e fomos.

e estava. às 20:20h entrei e estava assim.

IMG_2718

entrei, arranjei um canto para me sentar e fui pondo a conversa em dia com quem por lá estava, afinal ir ao hóquei também é isso: rever amigos!

antes de começar o jogo, um momento alto: 6 dos atletas da primeira equipa de hóquei do HCT entraram em campo e foram ovacionados de pé por todos os presentes, afinal se não fossem eles há 50 anos, hoje não estaríamos aqui!

IMG_5453

e logo depois a emoção continuou, com a Portuguesa a ser cantada pelos 2000 BdQ presentes.

começou o jogo e começámos a perder 0-1 logo nos primeiros 10s. com o 1-1 do Passos, acreditámos todos. ouvia-se na bancada “eles já marcaram o golo de honra, agora já podemos ganhar!”. o ambiente era de festa e sem grandes pressões e nervos. e o resultado foi aumentando para os italianos até ao 1-3.

ainda pulámos todos de alegria antes do intervalo com o 2-3 do Vasco e fomos para o descanso com algumas certezas: grande jogo, bom hóquei, bom ambiente e um espectáculo de promoção da modalidade como Turquel nos tem habituado!

na 2ª parte, com o 3-3 do Tiago os nervos avolumaram-se. com as defesas do Marco, a ansiedade cresceu. e a esperança em discutir até ao último segundo o jogo transformou-se em certeza. lembro-me de olhar para as faltas, e ver que tínhamos 9, e ter comentado com a Kuka “dava mesmo jeito um golo agora”. depois disso, só me lembro de pular e gritar. o Tiago tinha acabado de fazer o 4-3!

os últimos minutos foram passados a festejar as defesas do Marco, a gritar e a rezar às outras religiões cada vez que atacávamos. até que o Passos passa por um, passa por outro e cai. pouco menos de 10s para jogar e o Tiago lá estava com a bola na marca de grande penalidade. não me recordo do resto. só de ouvir a Kuka dizer “Catarina, preciso de te agarrar?”. estava feito o 5-3, a euforia via-se em todos os rostos, a vitória estava assegurada e as memórias construídas.

o árbitro apitou para o final, e ouviram-se 2000 pessoas a uma só voz em mais um tributo, desta feita a Marco Barros. merecido, muito merecido!

IMG_5473

depois dos aplausos merecidos aos adversários e da ovação aos nossos miúdos, as pessoas ficaram por ali. conversavam, festejavam, sorriam. os miúdos saíram. voltaram alguns minutos depois para o “arrefecimento” e foram novamente aplaudidos.

ser d’Aldeia é isto. é agradecer o que eles nos dão e devolver-lhes tudo isso em apoio. é construir memórias com o que eles fazem, e nos fazem sentir, e devolver-lhes acontecimentos e sentires para as memórias deles.

não sei o que vai acontecer em itália, mas tenho a certeza de que, como nós este ano, antes desta jornada europeia, fomos recuperar um dos melhores jogos de sempre em Turquel (HCT x Viaregio), daqui a 20 anos terão que ver este jogo também!

(e sim, este foi o jogo que me encheu a alma)

Somos BdQ. Somos d’Aldeia!

são dos melhores do mundo!

é só para vos mostrar isto com um sorriso enorme de orgulho na cara :)

HCT-Top-10

o ranking completo pode ser visto aqui.

e o post de agosto sobre o ranking do final da época pode ser visto em parabéns, estão no Top 50!

A Aldeia não facilita!

O dia acordou solarengo e logo nas primeiras horas da manhã sentia-se um ligeiro frenesim no ar. Esta não era uma quarta-feira normal. Era quarta-feira de jogo grande N’Aldeia.

Os miúdos tinham a difícil tarefa de defrontar um dos grandes: nada mais nada menos que os campeões da Europa: o SLB.

Não se falou noutra coisa o dia todo. Nos cafés ao pequeno-almoço, nos empregos, no café do almoço. As horas iam passando e o nervoso miudinho aumentava. Tarefa muito difícil, quase impossível, mas a Aldeia sempre acreditou que os miúdos não iam facilitar. E de facto, não facilitaram.

Uma hora e meia antes do jogo, as portas do pavilhão abriram. Em menos de nada a casa encheu, a prometer o espectáculo dentro e fora de rinque.

E assim foi. Que jogo, que nervos, que emoção! Os miúdos iam levando a melhor, mas quiseram os deuses do hóquei que os forasteiros empatassem a partida a 32 segundos do fim.

Empate com sabor a vitória e um final de jogo debaixo de palmas e cânticos, onde no ar só se respirava um único sentimento: orgulho!

A Aldeia do Hóquei, Turquel, é isto: é paixão, é orgulho, é união, é amor e fervor.

Parabéns!

Somos BdQ. Somos d’Aldeia!

o jornal A Bola, na edição de hoje, dá-nos destaque de uma página e diz a todo o mundo que hoje é dia de festa n’Aldeia (podem ver aqui). e têm razão. depois da festa de sábado, hoje há mais festa nas ruas d’Aldeia, no pavilhão, nas bancadas, no rinque!

hoje todas as conversas e caminhos são sobre os nossos miúdos.

o desafio fica lançado: somos Brutos-dos-Queixos e hoje vamos fazer a festa também no facebook e mostrar que somos, orgulhosamente, BdQ, que somos d’Aldeia.

Vamos usar esta foto como foto de perfil?

248082_446439842113564_406167807_n

porque juntos somos mais fortes

em declarações ao site oficial do SL Benfica, Pedro Nunes (treinador dos campeões europeus) tece rasgados elogios aos nossos miúdos e aos BdQ que semanalmente enchem as bancadas

É uma grande equipa, muito bem organizada, com processos muito bem organizados. Vão jogar em sua casa, num ambiente fantástico e verdadeiro de Hóquei em Patins

nós agradecemos os elogios, e reconhecemos que nos aumenta a responsabilidade… de sermos ainda melhores. e é por isso que amanhã todos os caminhos, todas as ruas, todas ruelas, vão dar ao pavilhão do HC Turquel!

os BdQ nas bancadas vão ficar sem voz e mostrar porque fazem d’Aldeia a Capital do Hóquei em Patins em Portugal.

os miúdos em rinque vão deixar o suor e as lágrimas para nos verem sorrir na bancada.

como sempre, nas bancadas nós puxamos por eles e em rinque eles puxam por nós. porque juntos somos melhores. somos mais fortes.

“na vitória ou na derrota, hóquei… hóquei!”

Vamos equipa. Vamos Aldeia!

Ps: os bilhetes já se encontram à venda desde a semana passada na secretaria do HC Turquel.

o pleno nos regionais. parabéns!

já repararam que as equipas do HCT a disputar as competições regionais da AP Lisboa estão todas apuradas para a disputa do Campeão Regional?

nos sub-13, o HC Turquel (A) terminou só com vitórias esta primeira fase e vai agora ter pela frente, no Série G (aquele que disputa o título), SL Benfica, A Alenquer B, Sporting CP-B, SC Tomar-B e AE Física D.

também nos sub-13, o HC Turquel-B irá agora integrar a Série I, para apuramento do 13º ao 18º lugar, em disputa directa com o Sporting CP-A, ACR Santa Cita, AJ Salesiana, CD Paço de Arcos e Stuart HC Massamá.

nos sub-15, os miúdos sofreram apenas uma derrota e garantiram o apuramento para a Série G (também a disputar o título), onde terão pela frente o CD Paço de Arcos-A, SC Tomar-A, SL Benfica, Sporting CP e S Alenquer B.

os sub-17 venceram a Série B invictos, e vão disputar a Série E na luta pelo título regional frente ao ACR Santa Cita, CRC Os Águias, AJ SAlesiana, Sporting CP, CD Paço de Arcos, SL Benfica e HC Sintra.

por último, os sub-20 terminaram também sem derrotas a primeira fase, vencendo a Série A e assegurando o apuramento para a disputa do título regional (Série E), juntamente com SC Tomar, SL Benfica, Sporting CP, HC Sintra, AD Oeiras, CD Paço de Arcos e Parede FC.

cinco equipas em quatro competições/escalões. quatro delas apuradas para a série que vai disputar o título regional no respectivo escalão. parabéns a todos os miúdos e a toda a equipa da formação HCT, pelo pleno nesta fase competitiva!

Somos BdQ. Somos d’Aldeia!

“O HCT é favorito!”

Fez todo o percurso no HC Turquel até atingir o escalão de seniores onde ainda assistiu, viveu e sentiu o regresso dos BdQ ao pavilhão, as enchentes, a cumplicidade entre os que estão nas bancadas e os que estão em rinque. Em 2010 rumou à Alemanha, onde permaneceu por 2 épocas e se sagrou Campeão Nacional, tendo ainda participado nas competições europeias.

Em vésperas do confronto entre o HC Turquel e os alemães do Darmstadt, recuperámos a memória, e fomos ter com quem nos conhece bem e quem de nós melhor conhece o hóquei em patins alemão, Luís Coelho, para uma pequena antevisão desta eliminatória da Taça CERS.

DSC_1227BdQ|Aldeia – Luís, sendo tu um BdQ de formação e coração, e tendo passado pelo hóquei alemão, como antevês esta partida?

Luís Coelho – Sem dúvida, BdQ de formação e coração. Sou da “escola HCT” e tendo passado também pelo hóquei alemão consigo identificar facilmente algumas diferenças. A minha previsão é de um jogo em que o HCT vai assumir a posse de bola e vai controlar as operações. Porém as equipas alemãs são organizadas e persistentes. Dificilmente vão dar o jogo por perdido até ao fim. O contra-ataque é uma das suas armas fortes. Talvez seja cliché repetir que o hóquei alemão já não é o que era há 20 anos, remates de meia-distância o jogo todo, mas de facto esta é a verdade. O hóquei alemão mudou muito e neste momento as equipas são desenvolvidas técnica e tacticamente. Resumidamente, estou seguro que o jogo vai ser dominado pelo HCT, mas com o Darmstadt sempre perigoso e a responder com as armas possíveis.

BdQ|Aldeia – Na tua opinião qual a equipa que parte favorita à passagem da eliminatória?

Luís Coelho – O HCT é favorito! Por todos os motivos: melhores como equipa, melhores individualmente, melhores fisicamente e por fim é importante ressalvar que o jogo do HCT em casa será com o ambiente que já conhecemos e irá ajudar enormemente a equipa. A “desculpa” da falta de experiência nas competições europeias não se aplica porque o Darmstadt também não é uma equipa de presença muito regular nestas provas. Ou seja, tudo a acontecer sem coisas extraordinárias à mistura, o HCT passará à próxima eliminatória.

BdQ|Aldeia – O que dirias aos teus colegas turquelenses sobre esta equipa alemã?

Luís Coelho – No fundo diria o que já lhes disse: sejam competentes, joguem como sabem e desfrutem desses belos momentos de hóquei em patins. Se assim o fizerem, estou seguro que ainda vão apanhar muitos aviões para disputar jogos das eliminatórias da Taça CERS.

Ao Luís, obrigado pela disponibilidade, colaboração e confiança. Nas bancadas, vamos vencer. No rinque, esperamos concretizar o teu prognóstico!

Sábado, às 21h, na nossa casa, HC Turquel x Darmstadt, não faltes!